Archive for the ‘PR’ Category

Há dois dias elogiei a forma como Sócrates vai usando a comunicação social a respeito da presidência portuguesa da UE para conseguir vantagem sobre os seus opositores e afastar as atenções dos recentes imbróglios que o seu governo se meteu. Com o discurso do desígnio nacional, Sócrates ia conseguir afastar da agenda as questões por esclarecer a respeito da sua licenciatura e veria a questão do novo aeroporto de Lisboa cair para um segundo plano.

E digo “ia” porque Sócrates resolveu processar António Caldeira por difamação a respeito de tudo o que foi escrevendo no blog Portugal Profundo acerca da licenciatura de Sócrates. Isto poderia passar como um fait-divers, não fosse Caldeira ripostar com a intenção de processar o próprio Sócrates. Com esta situação, a questão da licenciatura do Primeiro Ministro vai continuar a ser tópico de conversa e virá mais tarde assombrar Sócrates, sobretudo se o resultado dos processos não lhe for favorável.

Afinal, ainda há coisas que Sócrates e aqueles que o aconselham têm para aprender.

 iphone

O CrunchGear tem um interessante post que direcciona os leitores para algumas das análises que já foram feitas ao tão esperado iPhone. Com a data de lançamento a aproximar-se, o frenesim em torno do novo gadget da Apple vai aumentando. Das análises destaca-se uma atitude positiva para com o aparelho que parece merecer todo o destaque que tem merecido. Claro que os autores avisam desde logo que este não se trata de um modelo de perfeição registando algumas falhas que não deixam de comprometer o resultado final.

Ainda que baseando-me em relatos de terceiros e num número reduzido de análises, cada vez mais me parece que os potenciais problemas do iPhone não terão nada a ver com a convergência mas sim com o facto da Apple não ser uma empresa de telecomunicações móveis, o que a leva a cometer erros que por exemplo a Nokia não cometeria.

O principal erro para mim foi o contrato de exclusividade com a AT&T, que irá diminuir a penetração do produto. Uma empresa que tem vários modelos como a Nokia pode dar-se ao luxo de dar o exclusivo de um determinado modelo a uma operadora, porque tem outro equivalente para fornecer às restantes. A este problema há que juntar a questão de ausência de cartão SIM, que condiciona a escolha do consumidor que não pode seleccionar o operador com quer firmar contrato, questão que irá colocar entraves quando o iPhone chegar à Europa.

A questão da rede é outro ponto onde a Apple errou. O WiFi pode ser muito giro e parecer high tech, mas o WiFi não existe em todo lado e não é propriamente móvel. Teria sido mais prático criar o iPhone com compatibilidade para rede 3G ou 3,5G que, apesar de ainda estar em expansão, cobre mais terreno.

Para já o iPhone está limitado aos EUA e parece que assim permanecerá durante algum tempo. Eu aconselharia a Apple a avançar para os mercados europeu e asiático já com uma nova versão do iPhone, já que se tratam de mercados mais maduros e mais exigentes no que a telecomunicações móveis diz respeito e onde existem soluções de mercado mais capazes do que o iPhone.

Mas é inegável que a entrada em cena do iPhone será um acontecimente revolucionário para o mercado de telecomunicações móveis e que causará uma interessante luta pelo domínio do mesmo, como já deixa transparecer as iniciativas da Verizon para atacar à nascença o conceito (ou não fosse ele um exclusivo de um dos seus concorrentes).

Nintendo recolhe comandos da Wii

Em consequência dos problemas de que aqui tinha referido, a Nintendo resolveu proceder à recolha de 3 milhões de comandos da Wii com o intuito de modificar as correias que os prendem ao pulso dos clientes.

O reconhecer da falha de cálculos por parte dos responsáveis da Nintendo, pode ter um impacto negativo nas vendas de Natal da consola; embora a resposta pronta ajude a atenuar os efeitos causados por este problema.

Nota: esta notícia vem responder às suspeitas – legítimas, diga-se – colocadas nos comentários ao meu primeiro post pelo morph e pelo prêtú; a quem aproveito para pedir desculpas por não ter ainda respondido aos comentários efectuados.

Tags: PR technorati_logo sapotags_logo marcantes_logo destakes_logo delicious_logo wordpress_logo

Já Aprendiam

Depois da Edelman e da Wall Mart, parece ser agora a vez da Sony e da ZIPATONI tentarem subverter as normas e criarem um fake blog com o intuito de promoverem a PSP. Ao que consta a tentativa nem sequer foi muito bem planeada, quer pelo nível do discurso, quer pelo facto do URL estar registado no nome da agência. Já não bastava tentar enganar a malta, ainda por cima são maus a fazê-los.

Mais sobre o assunto no Adrants e no Adfreak

Tag: Blogs technorati_logo sapotags_logo marcantes_logo destakes_logo favoritos_logo delicious_logo wordpress_logo

Wii Have Problems

wiiproblem

A tão propalada e esperada Wii – para quem não sabe é a nova consola da Nintendo – já começa a ser falada por problemas que não a qualidade dos seus jogos ou a experiência de imersão nos jogos que promete aos seus utilizadores. Pelos vistos o Wiimote (o comando da coisa) tem uma certa “tendência” para escapar das mãos dos jogadores acertando em tudo o que estiver à sua frente. Para além do constrangimento que causa à jogabilidade em si, esta situação provoca danos no próprio comando bem como em outros objectos nomeadamente televisões.

Tendo em conta a importância do produto, não só em termos de posicionamento da marca, mas sobretudo como uma consola em certa medida revolucionária no que à interactividade diz respeito, é motivo para perguntar como é possível terem sido descurados tópicos tão simples como evitar que o comando sai disparado das mãos de pessoas com tendência a suar? Estando nós a falar de pessoas que conhecem melhor do que ninguém o mercado de videojogos, é de questionar como não foi posta em causa a situação tendo em conta o habitual nível de adrenalina a que a situação de jogo leva.

Começa muito mal a consola da Nintendo, sobretudo quando estamos em plena época de venda de consolas este era o tipo de publicidade desnecessário. Mais afirmação informação no site WiiHaveAProblem.com

Tags: PR technorati_logo sapotags_logo marcantes_logo destakes_logo delicious_logo wordpress_logo

A já aqui mencionada “bronca da Edelman” com um fake blog (flog) para o Wall-Mart parecia ter esmorecido com o reconhecimento por parte da empresa e com o compromisso assumido pela mesma em evitar novas situações. No entanto, mais dois flogs da Edelman sobre o Wall-Mart foram reconhecidos pela empresa, o que significa que mais do que um erro acidental ou um descuido tal se trata de uma política consciente da Edelman.

Perante isto, resta perguntar: e agora? A Edelman tem desenvolvido um trabalho de excelente qualidade no reconhecimento dos blogs como uma ferramente ao serviço do marketing, das relações públicas e dos estudos de mercado; mas quando é a própria a colocar em prática o “lado negro” da blogosfera de que forma tal implicará na imagem e no reconhecimento dos blogs pelo mundo empresarial? Da Edelman exigia-se mais e sobretudo melhor!

Tag: Blogs technorati_logo sapotags_logo marcantes_logo destakes_logo favoritos_logo delicious_logo wordpress_logo

CP Bipolar

Por motivos profissionais tenho recorrido com alguma regularidade ao serviço Alfa Pendular da CP na classe conforto. Tem-me intrigado cada vez mais a falta de um padrão por parte da CP no serviço que oferece aos seus clientes, parecendo-me claramente que a companhia não está minimamente preocupada com prestar um serviço decente.

Em certas viagens é oferecido aos clientes da classe conforto um pequeno lanche que consiste numa bebida e num snack, podendo este ser UM croquete ou TRÊS bolachas de manteiga ou amendoins ou amêndoas. Para além de se tratar de uma oferta parca, o que mais me deixa intrigado é o porquê de nem sempre se concretizar. O  mesmo se aplica à oferta de um jornal ou de uma revista. Porque raio é que em certas viagens estas ofertas existem enquanto em outras nem vê-las?

Depois segue o mirabolante serviço de vídeo, que se inicia com um filme promocional da CP, em que são emitidos programas da RTP com cerca de 3 meses de atraso! Para além da pouca qualidade dos programas, da qual a CP apenas tem responsabilidade na escolha, não existe forma de apresentar programas minimamente actualizados? Porque haveria eu de estar interessado num programa acerca de cinema onde os filmes apresentados tiveram a sua estreia em Julho?

Eu aprecio a viagem de comboio e o Alfa é vantajoso – embora seja pena que a velocidade de 200 km/h seja mantida por um período de tempo curtíssimo – sobretudo para viagens de uma pessoa onde bate as alternativas rodoviárias e aéreas – a TAP era outra a merecer um post! Mas a CP devia ao menos estandardizar o seu serviço e melhorá-lo já que de momento deixa muito a desejar.

Tags: PR technorati_logo sapotags_logo marcantes_logo destakes_logo delicious_logo wordpress_logo