Impressões Digitais… Literalmente

Uma mulher norte-americana foi acusado do homicídio do seu marido sobretudo tendo por base as pesquisas que efectuou no Google nas semanas anteriores ao dito homicídio. As pesquisas são de factos indiciadores da possibilidade de tal ter ocorrido, ou não tivesse a senhora pesquisado termos como: “How to commit murder”, “instant poisons”, “undetectable poisons”, “fatal digoxin doses”… O resto da história pode ser lido aqui.

Embora a pesquisa em computadores para efeitos judiciais seja há muito uma realidade, a utilização dos termos de pesquisa num motor de busca como prova não deixa de ser novidade. Apesar dos aspectos positivos que possam ser associados a este tipo de pesquisas, não deixo de ficar apreensivo com as possibilidades de uma maior monitorização e controlo daquilo que fazemos quando estamos online. Do reforço da segurança à paranoia de controlar todos os aspectos da vida de uma pessoa a distância é curta!

Tags: Media technorati_logo sapotags_logo marcantes_logo destakes_logo favoritos_logo delicious_logo wordpress_logo




    Deixe uma Resposta

    Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

    Logótipo da WordPress.com

    Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

    Facebook photo

    Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

    Google+ photo

    Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

    Connecting to %s



%d bloggers like this: