Brincar aos Adivinhos

Na sua edição de ontem o Público dedicou as duas primeiras páginas ao hype do momento: a selecção por parte da revista Time das pessoas que contribuem para a Web2.0. A reportagem em si não acrescenta nada de relevante, mas a tentativa de caracterização do “You” português deixou-me curioso.

De acordo com o Público, este “You” luso é estudante, rapaz e vive em Lisboa. Sou por natureza profissional desconfiado destas caracterizações, sobretudo quando se baseiam nas percentagens de agregados domésticos com ligações à Internet e não na consulta das pessoas, ou na observação do seu comportamento online. Para o Público ter acesso à Internet significa automaticamente escrever em blogs, lê-los, produzir e ouvir podcasts, aceder e fazer uploads no Youtube, etc. Irrelevante para o caso não estarmos a falar da maioria dos internautas, pelos vistos!

Existe uma certa probabilidade de a caracterização ser acertada, mas um jornal como o Público não deve fazer extrapolações dos dados de posse de acesso à Internet para caracterizar a utilização que é feita do acesso.

Tags: Media technorati_logo sapotags_logo marcantes_logo destakes_logo favoritos_logo delicious_logo wordpress_logo




    Deixe uma Resposta

    Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

    Logótipo da WordPress.com

    Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

    Facebook photo

    Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

    Google+ photo

    Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

    Connecting to %s



%d bloggers like this: